terça-feira, 7 de julho de 2009

Ônibus

Andar de ônibus. Algo tão torturante. Esperá-lo, entrar nele lotado, ficar num engarrafamento de duas horas em pé nele lotado sob o sol de meio-dia, ir de um lugar para outro por um trajeto que não é o mais rápido, ter de atravessar aquela multidão pra poder sair dele, o risco de assalto. Todas essas coisas tornam o ônibus um veículo desgastante. Como um trabalhador vai chegar feliz no trabalho se pra chegar até lá passa por todo esse sufoco? Vai desempenhar seu serviço mau-humorado, cansado, com vontade de matar alguém.

Esqueçamos agora essas circunstâncias. Afinal, não acontecem em todas as vezes. Andar de ônibus pode, também, ser um passeio agradável. O seu ônibus pode passar no ponto bem na hora em que você chega - não é tão difícil se for pesquisar os horários. A depender da hora pode estar vazio ou semi-vazio. Nessa hora você chega, cumprimenta o cobrador: "bom dia, brother.", senta, abre a janela, e sente aquele vento gostoso no rosto, observando a paisagem da cidade. O ônibus é um lugar onde você se sente parte da cidade. Melhor. É onde você sente a cidade. Experimente andar de ônibus em outra cidade. Nunca vai ser a mesma coisa. Ali você pode observar vários comportamentos, vários rostos, gente de todo tipo. Todos com a cara da cidade. Andar de ônibus em Salvador nunca vai ser a mesma coisa que andar de ônibus em São Paulo ou em Cabrobró.

Outra coisa. No ônibus, com exceção do motorista, não há preocupação com o que acontece com o trânsito. Cada um se preocupa apenas consigo próprio, com suas frustrações, alegrias, decepções, a música que toca no seu tocador de música portátil, o livro que lê, a poesia que escreve, o jogo de gameboy. Não estudou para a prova? Estuda no ônibus. Viajou na gatinha que sentou do seu lado? Queixa no ônibus e, com sorte, pega no ônibus. Tá bêbado? Volta de ônibus e, se for o caso, já vomita nele mesmo. Quando o ônibus chega na garagem, um funcionário faz a limpeza, e, assim, ao invés de jogar o lixo na rua, joga no ônibus. É ecológico. Se as pessoas deixassem o carro na garagem para andar de ônibus, o trânsito fluiria mais facilmente e se lançaria menos poluentes no ar. Ônibus é vida. Ande de ônibus.

7 comentários:

kyeran disse...

bicicleta

leônidas disse...

Meu amigo... viva o bom e velho busão!

Julianne disse...

Vixii, eu viajo no ônibus (quando tô sentada, porque em pé não dá pra relaxar). Às vezes, me pego cantando alto! hauahauahuahau

Kissao disse...

o ônibus é lindo

Lorena disse...

Bom mesmo é voltar de ônibus da barra até o costa azul domingo de manhã, ô maravilha, não tem passeio mais completo. Você lancha amendorilvis, vê o mar e ainda toma um solzinho esperto.

Cannabismoker disse...

rpz, o que vc disse sobre as pessoas deixarem o carro é verdade, mas andar de ônibus é SEMPRE uma merda

skinner's bastard child disse...

voyeurismo no ônibus é sempre bom